...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

eclipse parcial da Lua, 07/08/2017

"A mais importante decisão que você pode adotar, é estar de bom humor."
(Voltaire)
O eclipse da Lua Cheia será parcial, em 07/08/2017 às 15:10h de Brasília.

Não será visível no Brasil.
Parcialmente visível (penumbral) nas capitais Maceió, Salvador, Fortaleza, Vitória, Belo Horizonte, João Pessoa, Recife, Rio de Janeiro, Natal e Aracaju (cidades brasileiras aqui https://www.vercalendario.info/pt/lua/brasil-7-agosto-2017.html ).

Será visível na Europa, África, Ásia e Austrália.
61° eclipse da série Saros 119 (de 14/10/0935 16:08h 25° Áries a 25/03/2396 6:26:32h 5° Libra) composta de 82 eclipses lunares - o anterior foi em 28/07/1999 8:27h 4° Aquário e o próximo será em 18/08/2035 21:59h 25° Aquário.
Os eclipses dessa série acontecem todos no Nodo Sul e a Lua se move ligeiramente para o Norte sem sair do Sul.

Conforme a Nasa, 17:22 a 20:53 ut (18:20 ut auge)
Duração total de 3 horas e 31 minutos (todas as fases do eclipse).
O efeito é de 68 dias (34 dias antes, e 34 dias depois).
Por outro sistema de cálculo, o efeito é de 3 meses e meio (1,5 mês antes e 1,5 mês depois).

Duração do eclipse: 1 hora e 55 minutos.
O efeito é de 58 dias (29 dias antes, 29 dias depois) e
pelo outro sistema é de 2 meses (1 mês antes e 1 mês depois).

Pela média, temos o resultado aproximado de influência de 1 a 2 meses.

Datas que esse eclipse foi e será ativado: 14/07/2017 (Mercúrio), 13/08/2017 (Marte), 07/09/2017 (Vênus).
Os eclipses da Lua afetam mais a população do que os governos, embora os dois estejam ligados.

Quando um eclipse não é visível, não afeta aquele lugar.
Porém, se o Sol ou Lua fizerem aspectos com o mapa, terá importância.
Se for visível e fizer aspectos, a influência é forte.

Esses acontecimentos podem ser positivos ou negativos, de acordo com a força dos planetas participantes, os aspectos que formam no mapa do eclipse e, principalmente, na comparação do mapa analisado.

Para ter uma ideia dos efeitos desse eclipse no seu mapa natal, veja no post Nodos, cabeça e cauda do dragão em trânsito no mapa natal - na parte correspondente ao Nodo Sul.


Conforme o mapa do eclipse para Brasília o regente da Lua é Urano e o co regente Saturno, e o regente do Sol é o próprio Sol (está em domicílio).
O regente do Ascendente é Saturno.
Lua ocultada no Nodo Sul e o Sol no Nodo Norte.
Marte, também forte em Leão, perde força por estar combusto.

A Lua, que simboliza a população, está mais fraca que o Sol, que simboliza governos e reis.
Os efeitos são negativos para as populações, com chances de recuperação ou proteção devido ao trígono de Júpter.

Principalmente nos locais onde o eclipse é visível, há possibilidade de protestos, sentimentos de indignação, etc, mas esses tendem a ser sufocados e reprimidos com muita força.

Possibilidade de problemas com aviões e transportes que vão pelo ar, problemas com aparelhos eletrônicos, com energia (principalmente nuclear e elétrica), incêndios, explosões, ou ao contrário, falta de energia, acontecimentos estranhos nas comunicações.

Notícias de graves problemas de países vizinhos ou distantes do Brasil, à Nordeste, Noroeste e Sudeste e Sudoeste do país.

Quebra de acordos, falência, catástrofe ecológica ou climática.

Mas há bons aspectos também: Júpter envia trígono para a Lua e sextil para o Sol.
Indicação de interferência de uma terceira força, pessoa ou intermediário que suaviza as tensões.

Júpter em Libra, fazendo o papel de mediador indica o caminho do diálogo e negociações buscando o bem comum, harmonização de conflitos.
A influência de Júpter bem humorado é de crescimento, proteção, prosperidade e justiça.

No caso de alguma dessas indicações acontecerem, há forte possibilidade de que os prejuízos sejam diminuídos ou compensados, os acordos serem refeitos, etc.

Então pode-se prever que haja problemas, mas esses podem ser minimizados ou ter curta duração.

O eclipse não é visível no Brasil a a não ser em uma pequena parte e de maneira fraca, porém há alguns aspectos a destacar nos 2 mapas brasileiros:

1) No mapa do dia 02/09 - o eclipse cai na casa 3, com o Sol na casa 9 em conjunção com Vênus.
Na casa 3 desse mapa o eclipse mostra acidentes, desentendimento com países vizinhos, problemas com transportes e comunicações, problemas com a imprensa.
A Lua eclipsada se opõe a Vênus natal - que rege os trabalhadores e os partidos que apoiam o governo, e simboliza prosperidade e bem estar.
Se houver influência por aqui, acontecerá na vida cotidiana, com mudanças na rotina, no trânsito ou nas comunicações.
A oposição Sol/Lua nas casas 3 e 9 mostra possibilidade de impor leis sem a necessária discussão, impor comportamentos ou condutas, problemas com comércio exterior e também forte influência estrangeira ou de religiões.
- Sol e Lua eclipsada quadram Saturno natal: problemas financeiros e com trabalhadores, escândalos financeiros com altos funcionários ou pessoas do poder.
- Júpter, participante do eclipse por aspecto faz trígono com Nodo Norte e sextil com Nodo Sul, quadra as casas 2 e 8 e transita na casa 11 natal. Júpter é o regente desse mapa: aumento da influência do congresso, força de lideranças políticas nos partidos que apoiam o governo. Crise financeira, acidente.
- a Lua eclipsada rege a casa 8 e é ocultada na 3: falta de transparência, segredos, atividades ocultas, crise financeira.

2) No mapa do dia 07/09 - o eclipse acontece na casa 12, com o Sol na casa 6 também em conjunção com Vênus.

Na casa 12 o eclipse mostra inimigos ocultos, traições, vícios, crimes, problemas com hospitais, aposentados, espionagem.
A Lua eclipsada se opõe a Vênus natal que nesse mapa rege o povo, as terras, os estrangeiros, a religião e a justiça e simboliza prosperidade e bem estar.
Se houver influência por aqui, a oposição Sol/Lua nas casas 6 e 12 com eclipse na 12 mostra muitas lutas e brigas pelas reformas trabalhista e previdenciária, problemas de saúde pública, segurança pública, traições, epidemias, drogas, crimes.
- Sol e Lua quadram Saturno natal: país empacado, dificuldade de traçar um caminho, disputas de poder, questionamento e oposição à metas e o caminho que o país toma, mudança de direção.
- Júpter, participante do eclipse por aspecto faz trígono com Nodo Norte e sextil com Nodo Sul, sextil com Vênus natal e transita em conjunção com a casa 9. Júpter rege a casa 11 desse mapa: importante papel do poder judiciário, intensos debates sobre leis, crescimento da oposição ao governo.
- a Lua eclipsada rege a casa 6 e é ocultada na 12: perda de força dos trabalhadores, aumento de desemprego, pedidos de aposentadoria, marginalidade, epidemias, ineficiência dos serviços públicos.

- importante: os Nodos em trânsito estão se opondo aos Nodos natais. Com 2 eclipses acontecendo junto com o trânsito (parcial da Lua 07/08 e total do sol 21/08) é grande a possibilidade de mudança de rumo do país, ou muita luta de poder para isso.

- lembro que o eclipse não é visível no Brasil na maioria das cidades e nem na capital.
Essas previsões são possibilidades que teriam muita força caso o eclipse fosse visível mas devido a alguns aspectos, podem se concretizar em parte, ou com menos força, ou ainda serem notícias de acontecimentos em países vizinhos e estrangeiros (principalmente a Sudeste, Sudoeste, Nordeste e Noroeste do Brasil).

Na astrocartografia, linhas fortes passam por China, parte da Rússia, Mongólia, oeste da Ucrânia, oeste da África, e parte dos Estados Unidos.
A natureza bélica e agressiva de Marte conjunto ao Sol próximo do Nodo Norte e na casa 8 pode indicar guerra.

3) No mapa do nosso atual presidente (Michel Temer) o eclipse cai na casa 6 com o Sol na 12 indicando poder oculto, vitória parcial sobre inimigos, problemas de saúde, problemas técnicos ou com trabalhadores, posição aparente de submissão.
Esse eclipse não lhe atrapalha muito, ao contrário, faz trígonos e sextis com sua Lua natal e Mercúrio, muito importantes no seu mapa, enquanto quadra Júpter, o regente dos seus inimigos e opositores.
Outros trânsitos lhe trazem obstáculos, mas não esse eclipse.

Na maioria das vezes, os eclipses mostram eventos mundias, políticos ou climáticos, não individuais.

No nível individual, somos afetados em nossas emoções (alguns eclipses podem ser muito importantes mesmo não sendo visíveis, se fizerem aspectos no mapa natal, positivos ou negativos).

Nesse eclipse a Lua (passado e emoção) é escondida pela Terra, prevalecendo o Sol (futuro e razão).
A Lua perde energia, e o Sol acumula energia de maneira obsessiva.
A Lua está em um signo que não lhe favorece, e o Sol está em seu domicílio.
A Lua, portanto, bem mais fraca do que o Sol, e perde muita luz mesmo sendo um eclipse parcial.

Isso simboliza o domínio da razão sobre a emoção.
A tendência das pessoas é que o ego fale mais alto.
O comportamento tende a ficar arrogante, insensível e egocêntrico.

Em nome do futuro, despreza-se o passado incluindo as coisas boas dele.
É bom para quem precisa cortar ligações não saudáveis do seu passado.

Em outros casos, trata-se de um desprezo por sentimentos, significados afetivos ou emocionais, tradições ou relacionamentos, desprezando a segurança de coisas importantes já construídas ou conquistadas.

Usando de maneira positiva, é um bom momento para questionar condicionamentos pessoais e apegos.
De maneira negativa, é aquele que joga o bebê fora junto com a água do banho.

Leão (consciência de si) x Aquário (consciência de grupo).
Obscurecendo a Lua, permanece a consciência de si, o ego, em prejuízo da consciência de grupo, a fraternidade.
Para libertar-se da necessidade de ser o centro das atenções é preciso ter elevada auto estima - tão elevada que não necessite de aplausos constantes. Essa auto estima elevada não leva ao orgulho, mas à humildade e simplicidade (assunto do post O Mês de Leão - a centelha divina brilha na beleza, e a beleza de Leão é ser quem é).
Com amor no coração, assumimos nossa individualidade e respeitamos a dos outros, expressando nossos talentos sem necessidade de atos rebeldes ou danos (Aquário negativo) vivendo em união com a comunidade humana (Aquário positivo).

O conteúdo inconsciente e sensível que for bloqueado nesse período tende a ressurgir no próximo eclipse do Sol.
É tempo de olhar para a frente.
Mas brilho concentrado do Sol na casa 8 ilumina o lixo.
Por isso, é tempo também daquela faxina pesada que você sempre deixa para depois; na política pode simbolizar mais escândalos, e tumultos.

Sugiro cuidar bem das emoções e sentimentos, mantendo a tranquilidade e aproveitar o momento para olhar claramente para dentro de si e de sua vida buscando fortalecer suas fraquezas e melhorar suas forças.
Remexendo o lixo da casa 8 encontramos aquilo que está atrapalhando, e também encontramos tesouros esquecidos.

O eixo das casas 2 e 8 fala de posses e recursos, fala do meu/nosso.
A casa 8, onde o Sol brilhará com mais força, é aquela onde encontramos recursos para resolver crises - emocionais e materiais.

A casa 2, onde a Lua é eclipsada, mostra o perigo de perder dinheiro ou poder aquisitivo.

Tendência a concentrar tudo em si mesmo, não compartilhar, problemas com partilhas, dívidas, causando desequilíbrio.

A casa 2 se refere a tudo aquilo que damos valor.
Esse eclipse indica ainda uma crise de valores.
A perda do valor e do significado, e a busca de valores que substituam essa perda.
A sensação de ter dado valor a coisas que no momento mostram não valer tanto.

A casa 8, além dos nossos tesouros e defeitos escondidos, mostra o compartilhamento dos valores e dos bens.
O Sol excessivamente forte aí pode indicar a tendência de acumular muitos valores e distribuir de forma injusta (ou roubar).
Esses valores podem ser materiais ou emocionais.
O acúmulo emocional se manifesta em comportamentos que exigem amor e atenção sem retribuir na mesma medida.

Outros simbolismos da casa 8 são sexo e morte: pode ser interpretado como intensificação da sexualidade ou da mortalidade.

A reviravolta, ou a "vingança da Lua" acontece no próximo eclipse do Sol, que será total e também pedirá harmonia emocional.

Nesses períodos instáveis de eclipses, é importante manter o equilíbrio e a moderação, pois sentimento/razão e passado/futuro se complementam, não são concorrentes, são apenas diferentes.
Partes da mesma moeda.
Podem ser equilibrados pela Vontade.
São o nosso professor (passado) e nossos objetivos (futuro) que precisam apoiar a vida onde ela realmente acontece: no presente.
No clima, os eclipses costumam alterar as tendências.
Aqui nos arredores de Porto Alegre, a possibilidade é de fortes contrastes de frio e calor, com seca e tempestades com raios.

mapas da sequência das fases do eclipse





Namastê.


Nenhum comentário: