...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

domingo, 8 de janeiro de 2017

2017 no Tarô: A Roda da Fortuna

"O Oráculo serve a quem está pronto para ele."
(anônimo)

Milênio da Sacerdotisa (2)
Século do Louco (0)
Década do Mago (1) e da Roda da Fortuna (10)
etapa da Estrela (17)
sequência do Carro (7)
soma/essência: (10) A Roda da Fortuna e (1) O Mago

Os Arcanos do ano são 2, 0, 1, 10, 17 ,7,
e
1 (número atual do Grande Ciclo de Saturno), 18 (soma 1 + 17) e 10/1 (soma do ano).

Arcano 10 : A Roda da Fortuna

A Roda da Fortuna é um Arcano cheio de significados.
Se refere aos altos e baixos da vida material: um dia estamos no máximo, tempos depois no fundo do poço.
Assim é o mundo material: as coisas começam, se desenvolvem, se desgastam e terminam, e então começa um novo ciclo.
A Roda da Fortuna simboliza esse movimento constante de mudança - com a característica de que a mudança em si nunca muda, ou seja: a única certeza do mundo material É a mudança.

A esse movimento foi atribuído, no Arcano 10 o símbolo de uma Roda que gira continuamente.
Alguns a comparam com uma Roleta constantemente premiando alguns e retirando a fortuna de outros.

Alguns a comparam com a Roda das Estações, o aparente movimento do Sol durante o ano com seus Outonos, Invernos, Primaveras e Verões.

A Roda da Fortuna nunca para.
Ela está sempre em movimento.

O ano de 2017, simbolizado pela Roda da Fortuna, será um ano de bastante movimento.
Seu ritmo será instável, ora em cima, ora embaixo.

O dinheiro muda de mãos - porque precisa circular - assim como a água, ou o sangue.

Comparada com a Roda da Vida, a Roda da Fortuna representa os estágios da vida da humanidade: bebê/criança, jovem, adulto e velho.

E também aquele velho conselho: saber, querer, ousar, calar.

"Para te manteres nas alturas da vida, se chegares a alcançá-las, precisas ter aprendido a sondar com o olhar, sem ter vertigem, as mais vastas profundezas."

A Roda da Fortuna fala de Poder.

A busca por iluminação do Arcano 9 - O Eremita (ano 2016) encontra agora um grande obstáculo: o tempo e o caos.
O Eremita deseja conhecer os mistérios da Vida e controlar seu próprio destino, mas a esfinge da Roda da Fortuna lhe diz que é preciso conhecer a si próprio e dominar seus instintos pois é buscando sua força interior que lhe será revelado seu poder pessoal.

Traduzindo, isso simboliza que para não sermos uma vítima do destino e dos altos e baixos na roda que sempre gira, devemos permanecer no centro dela, e não na periferia.
Permanecendo no seu centro, não subimos e nem descemos, mas observamos.
Permanecendo no centro, não nos apegamos aos sucessos quando a Roda sobe, e nem aos fracassos quando a Roda desce.

Esse é a mensagem principal desse Arcano.

Podemos prever que o ano de 2017, regido pela Roda da Fortuna terá um ritmo muito rápido, porém instável.

Ascensões e quedas de importantes lideranças políticas e grupos de poderosos deverão ocorrer.
Muitos imprevistos, tanto positivos como negativos.
Acidentes, descobertas científicas, transtornos climáticos, crescimento financeiro, progresso material, novos conhecimentos, falências, etc

A Roda da Fortuna mostra um recomeço, com novas exigências.
A evolução é certa, mesmo se houver perdas.

Esse Arcano também representa o carma - a consequência de nossas ações, principalmente quando há apego material (nesse caso, estamos na periferia da Roda, e não no seu centro).
Por isso é possível também nesse ano alguns resgates cármicos.

Ainda que isso aconteça, a mensagem da Roda da Fortuna é evolução e movimento constante - nada permanece fixo, e o que estava cristalizado se rompe.

Há um forte simbolismo material nesse Arcano, por isso é previsto progresso, crescimento financeiro e novos negócios.
No negativo, há muita ambição, busca de poder e apego material.

Lembro que a mensagem desse Arcano é a de que a nossa vida aqui é cíclica, passageira e transitória.
Suas mudanças são naturais, rápidas e inevitáveis (cármicas e/ou equilibrantes).

Devido à sua rapidez, a maioria dos acontecimentos negativos tende a não ter efeitos tão devastadores como a Torre: isso porque a Roda continua a girar, seus sucessos e seus fracassos passam rapidamente.

O Arcano seguinte é A Força (Arcano 11) que representa o domínio do poder e de vários tipos de força.
Por isso, nas quedas há chance de recuperação, e nos sucessos é preciso se esforçar para manter o que foi conquistado.

A essência da Roda da Fortuna é o Arcano 1 O Mago que representa o início das coisas e o aspecto masculino (ativo) da vida.

Tantos nas quedas como nos sucessos, a Roda da Fortuna substitui algo, ou nos coloca em uma nova situação.

Nas Ciências Ocultas, a Roda da Fortuna representa o conhecimento profundo das leis do nosso Universo, da divindade e dos caminhos do destino: magia, cabala e religiões antigas, na atualidade acrescente a ciência - o Conhecimento organizado das regras, receitas e fórmulas.
Esse conhecimento nos permite mudar a realidade atual - a mensagem princpal do Arcano é de mudança.

Essa capacidade de mudar o destino acontece quando permanecemos no centro da Roda, desapegados do sucesso e do fracasso.

Espiritualmente, a Roda da Fortuna está situada entre O Eremita (conhecimento) e A Força (sexualidade) - forças indispensáveis para sair da roda de encarnações sucessivas.
Nesse sentido, a Roda da Fortuna simboliza a necessidade de aperfeiçoamento pessoal - aprofundar o conhecimento e permanecer no centro.

Em algumas lâminas há o desenho de um macaco, um cão e uma esfinge, em outros há o gênio do bem e o gênio do mal, em outras há a imagem dos estágios da vida (bebê, jovem, adulto e velho).
Essas formas de vida são limitadas e aprisionadas pelo círculo enquanto a ele estiverem apegadas.
Essa limitação é nula no centro da Roda.

O centro da Roda é um ponto evolutivo de repouso e mistério, onde acontece a união com o divino e universal e o encontro de um novo caminho - impossível de descrever com palavras, porque é individual e único para cada pessoa.

Invertida: Se invertida, A Roda da Fortuna indica vida parada, perdas, prejuízos, morte, apodrecimento, ignorância.




Conselho: aceitar o destino e fluir com ele, ter calma, aperfeiçoar-se, estudar, viver no presente, agir.

ARCANOS OCULTOS: 1 e 18

ARCANO 1 - O MAGO

Se refere ao início de um novo Grande Ciclo, dessa vez regido por Saturno (postado nesse blog "2017 astrológico de Marte, cabalístico de Saturno).

O Mago mostra início de coisas novas, muitas coisas, mas nem todas vão até o fim, nem tudo o que começa com O Mago se materializa na vida prática.

É preciso ser rápido e ágil para perceber e segurar as oportunidades positivas.
É preciso ser atento e estar alerta para fazer uma boa seleção de prioridades.
É um Arcano cheio de potenciais e possibilidades, mas que precisam ser desenvolvidos e direcionados para se materializar.

Nas Ciências Ocultas o Arcano 1 O Mago corrresponde às Iniciações.

Mostra muita atividade pública e principalmente com pessoas jovens.
Mostra novas lideranças.
Mostra atividades mentais e estudos.
Mostra que somos inexperientes e estamos no início, que precisamos aprender mais.
Mostra que nos destacamos em alguma atividade ou conhecimento e que para que esse sucesso seja duradouro precisamos nos aperfeiçoar, escolher um caminho e persistir nele.

Invertido: Se invertido O Mago prevê submissão, estagnação, desconhecimento, inexperiência, ignorância, solidão, incapacidade de se comunicar, dependência excessiva de outras pessoas ou do meio ambiente, desconcentração e problemas mentais.

Conselho: concentrar, evitar distrações, acreditar em si mesmo, usar a lógica, ser criativo e flexível, buscar novos horizontes.

ARCANO 18 - A LUA

Se refere ao início de um novo Grande Ciclo, dessa vez regido por Saturno (1) + o ciclo da década (17) = 18.

A Lua é um Arcano do astral, portanto oculto e misterioso, já que o astral se comunica por uma linguagem diferente do consciente e material.
Carta de sombras e de revelações, para compreender suas mensagens é preciso superar os medos.

A principal mensagem do Arcano da Lua é filtrar as revelações das ilusões.

Começamos o caminho pelo caranguejo, que simboliza o passado: é preciso deixar o passado no passado, e levar consigo apenas as suas lições.
O passado é um ótimo professor, e a vida segue para a frente.

As águas onde o caranguejo flutua são nossas emoções, boas e ruins.
São elas que nos prendem ao passado.
Quanto mais pesadas são essas emoções, mais facilmente submergimos e nos afogamos no lago, onde o caranguejo nos morde e aí ficamos até nos libertar.
O medo é a principal emoção que nos prende aí.
A raiva pesa e afoga.
A boa lembrança que insistimos e relembrar não nos permite passar pelo lago.

Os dois animais a seguir (o cão e o lobo) que uivam para a Lua, são os nossos instintos.
O lobo é o instinto selvagem e o cão é o instinto domesticado.
Ambos devem ser dominados - não mortos - para que possamos passar.
Quem é escravo dos seus instintos (de raiva, de prazer, segurança, poder, etc) aí permanece e cai em suas armadilhas.

Seguindo, vemos construções ao fundo, prédios e torres.
São construções feitas pelo homem civilizado.
Representam o conhecimento mental e capacidade de ter sucesso material.
Quando chegamos aí, temos a impressão de estar seguros e termos vencido as provas, parece que encontramos um caminho, afinal.
Esses conhecimentos e sucessos são úteis, mas são ilusórios - eles nos tiram do presente e nos levam para o futuro, onde a vida ainda não aconteceu.
Assim como nós um dia morreremos, as civilizações nascem e morrem.
São conhecimentos e sucessos úteis, mas passageiros.
Se nos apegarmos a eles, ficaremos presos dentro de suas torres e prédios.
Nesse estágio, precisamos filtrar as ilusões.

Todo esse processo é interior e subjetivo, porque a carta está escura e noturna.

Quando passamos por esses desafios, alcançamos o simbolismo positivo desse Arcano: fertilidade, fecundidade, intuição, revelações internas, abundância e relacionamentos felizes.

No simbolismo espiritual, nos aproximamos do Arcano do Sol, onde acontece o Casamento Sagrado, a união Sol e Lua, masculino e feminino, yang e yin dentro de nós mesmos, união de nossa Sombra com nossa Luz, quando aprendemos a usar corretamente nossa asa direita e nossa asa esquerda para nos manter no voo.

A parte da Lua consiste em aceitar as sombras e trabalhar nelas, fazer amizade com nossa parte oculta e traze-la para a luz do Sol (próximo Arcano).

Nas Ciências Ocultas, o Arcano 18 A Lua corresponde à magia dos feitiços e poções, ao astral e ao subconsciente.

O Arcano da Lua mostra, para 2017, muitas atividades públicas e também muitos enganos.

É preciso ser corajoso, atento e tranquilo, principalmente se manter na posição do observador até se manifestar ou tomar atitudes, porque as situações não são claras.
É preciso usar o conhecimento lógico junto com a intuição.
É preciso se manter no momento presente.

Mostra um ano de muitas manifestações emocionais e algumas impulsivas, pouca autoconsciência.
Mostra ilusões, miragens e armadilhas.
Mostra dependência emocional, insegurança e busca por soluções mágicas ou utópicas.
Mostra perda de energia.
Mostra visões, intuição e sonhos proféticos.
Mostra fertilidade, abundância e crescimento - a Lua multiplica tudo, por isso aproveite para multiplicar o que é bom para você, e não multiplique negatividades.
Mostra procura por espiritualidade.
Mostra angústia, vícios, drogas e problemas mentais ou emocionais.
Mostra sensibilidade, compreensão profunda, magia e o dom da visão.
Para pessoas que já fizeram seu caminho interior, a Lua simboliza um momento delicado e sensível, quando a intuição nos salva de perigos.
Mostra a importância das mulheres e das crianças.

Doenças: angústia, depressão forte, síndrome do pânico, doenças ginecológicas, obsessões espirituais.

Conselho: ter cuidado com os delírios da imaginação, usar o pensamento lógico equilibrado com a intuição, buscar auto conhecimento, ouvir o mais fundo do seu Ser, buscar a verdade e provas dos fatos antes de tomar decisões, prestar atenção nos seus sonhos.


ARCANO DO MILÊNIO: 2 - A SACERDOTISA
(postado nos anos anteriores)

Arcano do milênio, não é facilmente percebido na vida prática.
Funciona como uma energia sutil, pano de fundo, misturando-se do dia a dia sem aparecer muito.
É um dos Arcanos de Proteção.
Esse é o milênio feminino, da energia yin, da energia da Mulher, onde a tolerância é melhor do que a liderança, a compreensão e a sabedoria são mais importantes do que a aparência, o conhecimento e a sabedoria valem mais do que a intelectualidade, a doçura vence a força, e o Espírito e a Ciência se aproximam.
A força desse Arcano está na sua capacidade de resistência, e na sua capacidade de perceber o invisível.
A vida interior, a vida em família, a sensibilidade, a tolerância são o caminho que precisamos percorrer.
A Sacerdotisa exige compreensão, perdão, disciplina, reflexão, calma, estudo, dedicação, sinceridade, silêncio, conhecimento verdadeiro, espiritualidade, poder sobre si mesmo, uso inteligente de sua energia pessoal.
Vamos aprendendo as lições da Sacerdotisa de maneira bem lenta (temos 1000 anos para isso..) porque seu ritmo é lento.
É no silêncio e no íntimo a Sacerdotisa se manifesta.
Nos sonhos, nos momentos de calma, nos insights, porque ela simboliza a manifestação do Espírito na Matéria.
Como reflexo do Espírito, ela não age, mas reage.
Representada por uma mulher em atitude passiva, cheia de símbolos, com pouca coisa à mostra, apenas o seu rosto, que não demonstra sentimentos, nem de amor, nem de ódio, apenas uma serenidade imperturbável.
Por fora parece passiva, mas seu interior é muito ativo, é onde está acontecendo o sexo ou a gravidez.
A Sacerdotisa representa A Porta do Santuário, e só entramos quando estivermos prontos.
É a Sacerdotisa quem nos diz sim ou não, e quando queremos passar.
A primeira dificuldade para passar por sua Porta é a Dualidade: não pode haver extremismo nem radicalidade, só passamos por essa Porta pelo Caminho do Meio.
Como reação ela também representa tudo o que for oposição, porque no nosso plano só conseguimos produzir algo, manifestar o espírito ou a ideia se existir oposição - isso é que gera o movimento de manifestação.
Exemplo: qual a utilidade de pregar a caridade em um ambiente extremamente virtuoso? e qual seria a sua sensação de segurança, ou qual seria a utilidade de se apoiar em algo que não apresenta resistência e cede ao menor contato?
Como ação e reação, a Sacerdotisa introduz o conceito de justiça, embora não esteja representando a Justiça: porque ela reagirá de maneira a sempre manter o equilíbrio entre a dualidade, manifestando o Espírito na Matéria (assim como é em cima, é embaixo).
O astral lhe pertence, e ela gera no astral o que se manifestará no físico.
Os elementais e a magia lhe acompanham, e só acontecem e se manifestam quando são provocados , ou chamados por alguém.
A Sacerdotisa olha para a frente, para o momento presente.
Ela funciona no presente, não adianta procura-la no passado ou no futuro, pois ela não será encontrada ali.
O passado todo está em sua memória e ela sabe o futuro, mas seu momento de ação é no presente, sempre.

Nas Ciências Ocultas, o Arcano 2 A Sacerdotisa corresponde ao Conhecimento, Gnose, ao estudo.

Problemas: insegurança, dificuldade de fazer acordos, isolamento,frieza, falsidade, medo de se expressar.

Doenças do milênio: ginecológicas e relacionadas com as mulheres, infertilidade, obesidade, dores de coluna, depressão e problemas psíquicos.

Invertida: Se invertida, A Sacerdotisa anuncia submissão, estagnação, apego ao passado, falsidade, depressão, infertilidade, materialismo, relacionamentos por interesse, magia e espiritualidade baixa.

Conselho: esperar, ter paciência, manter a calma, analisar tudo com cuidado, não ter pressa, colocar suas ideias em prática, não procrastinar.

ARCANO DO SÉCULO: 0 - O LOUCO
(postado nos anos anteriores)

Exige ousadia de seguir sua intuição, seu coração, a coragem de seguir seu Mestre interno mesmo desafiando aparências, convenções sociais e circunstâncias contrárias, mas sem fazer oposição a nada, simplesmente fluir.
Está presente durante todo o século.
No tempo em que estiverem presentes O Louco e a Sacerdotisa, formam o 20, de O Julgamento, simbolizando que o período é cheio de revelações importantes, novos conhecimentos, e que precisamos jogar o orgulho fora, pois muitas das revelações feitas nos deixam nus, surpreendidos, chocados, e alguns ficam felizes, outros não.
O Louco é um personagem que se apresenta com um comportamento estranho, incompreensível à primeira vista, mas foi assim colocado porque representa o maior dos mistérios e a maior força dos Arcanos: ele substitui qualquer um deles, portanto tem os atributos de todos, e os defeitos de todos também.
Funciona como o curinga nos baralhos de jogos comuns.
Provavelmente por seu simbolismo ser tão forte, foi representado no seu sentido negativo, indicando tudo o que não devemos fazer.
Nesse Arcano, temos liberdade total, e podemos ter sucesso total, e fracasso total também.
É preciso um pouco de cuidado, mas sem perder a pureza da criança, um dos seus simbolismos.
Sua força é enorme, seu uso errado pode atrasar a evolução do planeta inteiro.
Seu uso correto nos leva anos-luz para a frente.
Durante todo o tempo em que O Louco estiver atuando, a tendência da Sacerdotisa é ficar no astral, a nível coletivo, mas não para as pessoas que estejam trilhando um caminho nesse sentido.

Nas Ciências Ocultas, o Arcano 0 O Louco corresponde à adivinhação e aos oráculos.

Problemas: dificuldade de organizar, excesso de confiança, descuido, falta de objetividade.

Doenças: febres, inflamações, contaminações, desleixo e descaso com a saúde, problemas mentais.

Invertido: Se invertido, O Louco anuncia o caos.

Conselho: buscar coerência e bom senso, organizar a vida, usar bem sua liberdade, ouvir seu coração, buscar a felicidade e não aceitar menos que a felicidade.

ARCANO DA DÉCADA: 10 - A RODA DA FORTUNA
(postado nos anos anteriores)

Está presente durante a década.
Mostra um ritmo acelerado e instável, onde se ganham ou perdem grandes fortunas.
O mundo material está no auge, e no máximo do seu apelo, enquanto se manifesta, AO MESMO TEMPO a possibilidade de transcendência espiritual.
Exige concentração, discernimento, senso crítico, calma, conhecimento.
É a Roda da Vida girando a todo o vapor, criando e recriando sem parar.
Oportunidades maravilhosas surgem do nada, como uma miragem e também se vão da mesma maneira.
A chave não é subir nem descer, mas se manter no centro, em atitude alerta.
Uma renovação constante, a sensação é de pouco descanso.
A Roda da Fortuna contém os ensinamentos do astral no seu centro.
Mas na periferia da roda ela é material, e se refere aos altos e baixos e ilusões de nossas vidas, à fortuna (dinheiro, sorte, etc) que rapidamente muda de dono.
Esse Arcano, caso você fique na periferia, leva a correr cada vez mais atrás de dinheiro e prestígio, deixando tudo o que for abstrato, espiritual, astral ou sutil para trás: nos tornamos escravos do poder e das coisas lindas do mundo, e ao invés de usar, somos usados.
A mensagem desse Arcano é aproveitar as coisas boas e materiais da vida, mas sem depender delas, mantendo-se no centro da Roda e lembrando sempre de quem você, de sua essência.
O ritmo aqui é rápido, quase não temos tempo para fazer aquela reflexão básica, por isso é importante estar alerta, mas tranquilo.

Nas Ciências Ocultas, a Roda da Fortuna representa o conhecimento profundo das leis do nosso Universo, da divindade e dos caminhos do destino: magia, cabala e religiões antigas, na atualidade acrescente a ciência - o Conhecimento organizado - o Conhecimento organizado das regras, receitas e fórmulas.

Problemas da década: pressa, descuido, automação (viver como um robô), estagnação, grandes perdas, acidentes, ritmo acelerado demais.

Doenças da década: doenças perigosas e rápidas, contaminações, vírus, bactérias, infecções, dores, febres, falta de constância nos tratamentos, ansiedade, stress.

Invertida: Se invertida, A Roda da Fortuna indica vida parada, perdas, prejuízo, morte, apodrecimento, ignorância.

A essência da década é 1-O MAGO que visa a integração das forças contraditórias e dos elementos da natureza. Quem alcança o nível do Mago não oscila na Roda da Fortuna, se mantém no centro dela e observa o mundo girando.

Nas Ciências Ocultas o Arcano 1 O Mago corresponde às Iniciações.

Invertido: Se invertido O Mago prevê submissão, estagnação, desconhecimento, inexperiência, ignorância, solidão, incapacidade de se comunicar, dependência excessiva de outras pessoas ou do meio ambiente, desconcentração e problemas mentais.

Doenças: doenças nervosas, dores de cabeça, stress.

Conselho: aceitar o destino e fluir com ele, ter calma, aperfeiçoar-se, estudar, viver no presente, agir.


ARCANOS DO ANO, dentro da década: 17- A ESTRELA e 7 - O CARRO


17 - A ESTRELA, Arcano do ano

A mensagem da Estrela é ESPERANÇA: mesmo nas piores situações é possível curar e florescer.
A Esperança vem da mesma fonte que a Consciência - e essa mostra tudo sem véus.

A Estrela fica entre A Torre e A Lua: está anoitecendo.
Após um período muito difícil (A Torre - ano 2016) A Estrela traz esperança, paz, cura e recuperação de perdas.
Ao mesmo tempo, prepara espiritual e emocionalmente para enfrentar as sombras e ilusões (A Lua).

Sua essência é 8 - A Justiça, indicando que os seus bons presságios são merecidos e justos.

Mostra bastante atividade espiritual durante o ano, já que a carta da Estrela simboliza nossos mestres espirituais, anjos, elementais e os seres invisíveis que ajudam a humanidade.

Financeiramente, é uma carta de proteção, não de conquistas.
Mostra a abundância da Natureza a nosso favor, mas o personagem está sem roupas: não há luxo, não há supérfluos, mas há o necessário.

Em sua mensagem de esperança, traz consigo a realização de sonhos e planos que desejamos e nos esforçamos.
Recupera algumas coisas perdidas.

Nas Ciências Ocultas, se refere à Astrologia e à capacidade de prever o futuro, todas as formas de adivinhação que usam a Natureza (diferente da adivinhação, Arcano 15-O Diabo, o da magia, Arcano 16-A Torre e o dos oráculos 0-O Louco).

A Estrela prevê para esse ano que as amizades, e os relacionamentos de afeto passam a ter mais importância.

A Torre, Arcano do ano passado, foi o último Arcano coroado.
Sua coroa caiu.
A partir da Estrela até o final dos Arcanos Maiores, nenhum deles mais usará nenhuma coroa.
Essa é uma mensagem que a autoridade verdadeira não está em alguma manifestação externa ou material.
Após a queda do Ego, A Estrela vislumbra o Ser.

Ainda é noite, precisamos passar pela Lua.
Nesse sentido, A Estrela é aquela parada para recuperação e para acumular forças.
É o início do anoitecer.
Antes de penetrar nas Sombras, o Arcano da Estrela traz uma visão clara que poderá nos servir de Guia.

Favorece todos os assuntos de saúde física e psíquica, todas as curas e tratamentos, alopáticos e alternativos.
Pressagia cura de situações também, pois simboliza regeneração.

Todos os estudos, conhecimentos e ciências tem um grande estímulo nesse Arcano: as descobertas de curas, descobertas astronômicas, psicológicas, aquelas a respeito do planeta ou do Universo, e revelações espirituais.

A Estrela atrasa um pouco o ritmo acelerado desse ano, contribuindo com alguns momentos de repouso e recuperação que devem ser bem aproveitados.

Doenças: essa carta não anuncia doenças, mas se invertida mostra falta de energia, fraqueza ou desânimo.

Invertida: se invertida, A Estrela anuncia desconexão com a espiritualidade e com seu Ser interior, enganos, egoísmo, pobreza e tristezas.

Conselho: continuar no mesmo caminho, não mudar seus planos, harmonizar a vida, ser suave, acreditar em si mesmo e nos deuses, ter esperança e ser otimista.


7 - O CARRO, Arcano do ano

O Arcano O Carro se refere a uma VITÓRIA.
É uma das cartas fortes do Tarô.
Simboliza triunfo e sucesso, duramente conquistados.
O Arcano 7 consegue unir o triângulo (3) com o quadrado (4) = coloca em prática (4) o que pensou (3).

Um homem, dirigindo uma carruagem, recebe aplausos da multidão.
A carruagem é quadrada (material) e puxada por 2 cavalos (instintos e força física - e dualidade) que ele comanda.
Recebeu um cetro e uma coroa (símbolos de poder) e está com a mão pousada sobre sua espada.
Essa espada simboliza:
1) uma arma no plano físico (ele sabe usar, e lutou contra grandes obstáculos)
2) a palavra forte em planos intermediários (espada = elemento Ar/mente, pensamentos, palavras)
3) a apresentação de sua palavra forte no plano astral
4) pensamento penetrante e concentrado

Ele veste uma armadura (está protegido e preparado) e seu olhar é calmo e tranquilo, tanto na guerra como nos aplausos (tem o domínio de suas emoções).

Nas Ciências Ocultas O Arcano 7 O Carro representa os 7 astros visíveis no céu (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpter e Saturno) com todos os seus atributos, anjos, gênios e a confecção de talismãs.

O Carro, carta de movimento organizado e dirigido indica, para o ano de 2017, que será um tempo movimentado.
Quanto mais estiver preparado, maior será o sucesso.

Indica o potencial para vencer grandes obstáculos, e mostra a necessidade de se aperfeiçoar.
O Arcano 7 O Carro tem sucesso devido ao seu preparo, disciplina, concentração e persistência.

Porém, abrir o caminho exige requer planejamento, força e ação concentrada.

O Arcano 7 O Carro fica entre o Arcano 6 O Enamorado e o Arcano 8 A Justiça: após um período de insegurança, incerteza e distração (O Enamorado) um objetivo é encontrado e a decisão é tomada (O Enamorado e O Carro) e se houver força, preparo, concentração e persistência (O Carro) a vitória é alcançada porque é merecida (A Justiça).
É preciso disciplina e vigilância (O Carro), assim como recebe recompensas, suas atitudes erradas serão também cobradas (A Justiça).

Quando O Carro aparece, anuncia mudanças de vários tipos: viagens, mudanças de residência, mudanças de emprego, etc
Rapidez.
Mostra lutas e o poder de vencer.
Mostra proteção.
Mostra equilíbrio entre físico, emocional, mental e espiritual.
Traz grande energia física e sexualidade.
Progresso financeiro.
Estudos (qualquer tipo) e atividades mentais.
Atividades físicas.

No ano de 2017, O Carro mostra rapidez e necessidade de estar atento e concentrado.
Muitos acontecimentos públicos.
Lideranças políticas carismáticas que atraem multidões.
Vitórias e conquistas importantes.
Assuntos de trânsito e viagens na mídia.
Assuntos masculinos e relacionados com homens - importância dos homens.
Mudanças rápidas e planejadas.
Independência, coragem e poder pessoal.
Espiritualidade, magia, mediunidade, intuição apoiando as realizações materiais.

Doenças: problemas nas pernas, acidentes que matam ou aleijam, anemia, dificuldade para se concentrar.

Invertido: Se invertido, o Arcano 7 O Carro anuncia acidentes, derrotas, prejuízos, doenças, fraqueza, incapacidade de gerenciar sua vida, desconcentração, impulsividade, descontrole sexual, agressividade, solidão e perdas.

Conselho: manter seu caminho, persistir, preparar-se melhor, ter disciplina e organização.

Namastê.



Nenhum comentário: