...

Precisei colocar a moderação nos comentários por causa de alguns spans que pintaram por aqui.
Você, que não é spam, faça o seu, fique a vontade.
Namastê.

Consagração do ambiente

As previsões feitas nesse blog são gerais, falam do astral do período, não são direcionadas para o indivíduo. Para fazer previsões pessoais, você precisa consultar um(a) astrólogo(a) ou numerólogo(a) e usar seu mapa astral ou numerológico de nascimento. Não estou atendendo consultas até me aposentar, estou em outro trabalho. Faço o blog porque gosto.

O som das Fadas da Noite

sábado, 10 de outubro de 2009

12 Trabalhos de Hércules - o início


Os 12 Trabalhos de Hércules - início

Quem ainda não ouviu falar de Hércules (tem até desenho infantil)? E de seus 12 trabalhos?

Hércules (ou Héracles, nome original) filho de Zeus (deus supremo do Olimpo) com Alcmena (uma mulher mortal).
Zeus, o pai de Hércules, era casado com Hera, uma esposa dedicada e terrivelmente ciumenta. Zeus era seduzido pelos prazeres, não se contentava com os prazeres celestiais, adorava descer ao mundo dos mortais (geralmente disfarçado) e curtir os prazeres da terra..
Nem é necessário dizer o quanto Zeus e Hera viviam brigando!!
Raios e trovões do Olimpo chegavam à Terra a todo o momento.

Hércules não foi o único filho ilegítimo de Zeus, ele teve vários!
E amava a todos tão intensamente quanto havia amado suas mães e quanto amava seus filhos legítimos.
Por isso ele sempre os protegia da fúria de Hera, que os perseguia, implacável.
Quando Hércules morreu (afinal, ele era mortal) Zeus, furioso e inconformado, transformou-o em constelação, para tê-lo junto de si.
Uma das maneiras de fazer com que Hércules fosse aceito no Olimpo foi aplicar a ele um “vestibular”: 12 Tarefas, na realidade, 12 “Provas”, 12 Trabalhos muito difíceis.

Essa história dos 12 Trabalhos de Hércules já foi interpretada e reescrita de várias maneiras.
Uma delas está relacionada com a Astrologia onde cada Trabalho de Hércules corresponde a um Signo do Zodíaco.
É essa a história que abordaremos nessa “minissérie”.

O mundo sempre teve super-heróis!
Hoje temos Superman, Batman, Homem-aranha.. tantos outros..
Todos eles têm superpoderes e lutam contra os malvados.
Todos eles devem ser subprodutos de Hércules.

Por isso, Hércules é um Mito (uma história que algum dia foi contada, talvez nunca tenha acontecido na realidade mas está sempre acontecendo no mundo, se repetindo, é antiga e atual ao mesmo tempo).

Na abordagem astrológica Hércules é cada pessoa, sou eu, é você, todos nós.
É aquele que passa por todos os signos.

Nós temos todos os 12 signos no nosso mapa astral.
Em alguns passamos com mais força, em outros com menos.
Alguns signos nós percebemos com facilidade e outros nem tanto.
Em nosso mapa astral, uns estão carregados de planetas, outros são Ascendentes, uns são da nossa Lua, uns estão desafiados, outros estão ocultos..

Hércules, divino e mortal, não era deus e não era humano.
Gerado por uma mulher humana tinha um corpo humano mas trazia consigo uma força divina. Essa força poderia ser bem ou mal utilizada e a decisão não seria de sua mãe nem de seu pai.
Essa decisão dependia somente dele, Hércules, o humano mortal com a centelha divina.

Astrologicamente falando a Prova de cada signo lhe aperfeiçoa o caráter.

Ao mesmo tempo essa história desfaz a ideia de que um signo é melhor ou mais forte do que o outro.

Nos Trabalhos de Hércules fazemos contato com os defeitos e as virtudes de cada um.
No mesmo onde está o obstáculo (o defeito) está também a arma (virtude, ou força) para superá-lo.

Quem associou os Trabalhos de Hércules aos 12 Signos foi Alice Bailey, e a fonte consultada para essa série foi Trigueirinho.
Os Trabalhos de Hércules relacionados aos Signos não estão na merma ordem que os mitos são contados originalmente.

A história de Hércules uma das histórias do Herói.
Ele inicia o caminho com extraordinária força física, necessitando desenvolver valores morais e força interior.

É o caminho do Sol pelos 12 signos, usando a força e fortalecendo a fraqueza de cada um

Namastê.

Nenhum comentário: